Poema Sujo

O homem está na cidade
como uma coisa está em outra
e a cidade está no homem
que está em outra cidade

mas variados são os modos
como uma coisa
está em outra coisa:
o homem, por exemplo, não está na cidade
como uma árvore está
em qualquer outra
nem como uma árvore
está em qualquer uma de suas folhas
(mesmo rolando longe dela)
O homem não está na cidade
como uma árvore está num livro
quando um vento ali a folheia

Ferreira Gullar

janela azul

uma janela para o azul outra para o céu. uma janela para ver, ou esquecer. uma janela para sentir, refletir, pensar. uma janela para criar, falar, e ouvir. uma janela para o asfalto, para o sábado. uma janela de domingo, para o assalto. uma janela para o elevado, ou embaixo. uma janela que não pode ser aberta foi doada. adoecida por permanecer fechada.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

.

 

 

 

.

 

 

 

.

 

 

 

a vida dentro do cubo

uma janela a cinco metros de seu cano de descarga.

o gás escurece os vidros, estremece, envelhece.

 

 

Seu Lima e Dona Vanda

.

.

.

.

Seu Lima, setenta e tantos anos, é taxista da cidade de São Paulo. Preserva um casamento de mais de quarenta anos com Dona Vanda. Eles moram em frente ao elevado Costa e Silva, o  Minhocão. E tem um cachorro chamado Juca, ou, carinhosamente chamado: Juquinha que adora passear no elevado aos domingos.

embreve+

.

ficha técnica da ação: fotografias Raquel Brust. câmera Otávio Cury. pesquisa de campo Mari Baldi e Luisa Ritter. produção Marcelle Governatori, Rafael Almeida. participação Lena Maciel, Mariana Guimarães.

mulheres meninas

São seis amigas do interior, dividindo a vida e o apartamento. Tentando trabalhar, estudar, criar as filhas e se divertir na cidade grande. Elas se ajudam, e abriram a porta de casa para nós, cedendo as janelas sempre fechadas para o projeto.

.

Jamile espia o viaduto calmo no domingo. Durante a semana a janela permanece fechada, assim como as grossas cortinas. Seu nome, de origem árabe, significa beleza plena.

.

.

obrigada meninas!

helios

.

muito obrigada Hélio por sua simpatia e colaboração

Janelas

fotografias Raquel Brust

pré-produção Raquel Brust, Rafael Almeida, Marcelle Governatori

colagem Raquel Brust, Luisa Ritter

vídeo (em breve) Andressa Cantegrini, Marcelle Governatori

agradecimentos Seu Egídio, Dona Maria e o pessoal da obra

Emma Thomas

[youtube=http://www.youtube.com/watch?v=1Z_E50vvt44]

instalação de gigantos na galeria Emma Thomas

dezembro de 2009, São Paulo-SP

fotos e animação: Raquel Brust

som: de Anvil Fx e Miguel Barella

GIGANTO na Emma Thomas – sábado 19h

Sábado de Gigantos na galeria EmmaThomas

belas fotos, projeções completas do projeto, música, ar livre, amigos É maravilha pura

.

esperamos você lá

:)

.