o fim da imagem


.


.

um dia perderemos nossa imagem. ela não nos pertence. aquilo que pensamos ser se corrompe com o passar dos anos. que o belo seja louvado. seríamos descartáveis a espera da ação indiscutível do tempo? teu olhar na terra me basta. corpos deteriorando nas intempéries. o fruto do teu ventre. teu rosto de fortes traços enterrados em pedra.venha a nós. frágeis como papel na chuva. na terra como no céu. a espera do fim do filme. amém

 

Tininha

.

O nome da Tininha é Cristina, mas ninguém chama ela assim. Ela é irmã do Saporé, que faz banquinhos e poemas. Ambos moram no Asilo de Paraty. Ela adora dançar e fumar, me contou que aos 8 anos de idade já roubava os cigarros do pai. É apaixonada pelo Ederaldo, administrador do asilo. É muito ciumenta. Ela gosta de fotografia. Achou seu rosto cheio de vincos mas gostou de ver uma imagem dela maior do que ela mesma. Acredita que agora que ficou famosa vai conseguir a atenção total do Dedé.

E aqui seu irmão, o querido Saporé. Ele faz lindos poemas ilustrados. assista até o final!

[vimeo http://vimeo.com/29856932 w=640&h=505]
.
.
.

Giganto

Promova sua página também

Dona Rosa

Uma Rosa do mar …

.

.

.

o FUTURO está escrito nas imagens

.

PASSADO está escrito nas paredes

Igreja de Nossa Senhora do Rosário e São Benedito, Paraty – RJ

O monumento encontra-se situado no Bairro Histórico de Paraty, em rua de pedestres, no entroncamento de dois importantes eixos (Samuel Costa com Tenente Francisco Antonio), em frente ao prédio da Prefeitura e Câmara Municipal. Foi construída em 1725 pelas Irmandade de Nossa Senhora do Rosário e São Benedito, integradas por negros, sendo reconstruída poucos anos mais tarde, em 1755. A igreja possui arquitetura simples e igual às construções religiosas da época. Os altares são dedicados a Nossa Senhora do Rosário, São Benedito e São João. O adorno em forma de abacaxi que sustenta o lustre de cristal no centro da nave; chama bastante a atenção. O interior desta igreja é considerado o mais rico. Os retábulos são do século XVIII e foram confeccionados por escultores açorianos.

<iframesrc="http://www.facebook.com/plugins/like.phphref=http://www.facebook.com/projetogiganto&;layout=standard&show_faces=false&width=380&action=like&colorscheme=light&height=25&locale=pt_BR

.

 

 

 

.

Giganto no Paraty em Foco

confirmada a participação do Giganto no festival de fotografia Paraty em Foco !!!

O painel será feito ao lado da igreja Nossa Senhora do Rosário, no centro histórico de Paraty.

o festival ocorre entre os dias 21 e 25 de setembro!

veja aqui o site do festival!!! 

.

escadaria

uma mão que recebe

uma imagem que se constrói aos olhos do expectador. o vazio é completo, o ângulo descoberto.

.

de mãos dadas. amor

.

fotografia Raquel Brust

preparação da imagen Renato Cury da ClaroEscuro

.

exposicão Geração 00 – A Nova Fotografia Brasileira,

Mostra fotográfica que faz um mapeamento da fotografia contemporânea brasileira ligada às artes visuais e ao documentarismo, com curadoria de Eder Chiodetto.

Sesc Belenzinho, Rua Padre Adelino, 1000.

Dona Maria José

Dona Maria José, 85 anos, tem longos cabelos brancos, disse que foi já até ao Rio de Janeiro sozinha mas teve medo de andar no bondinho.  Ela gosta de beber uma cervejinha antes do almoço para abrir o apetite. Costuma receber o pessoal da igreja em sua casa para oracões.

Ela gostou muito de seu Giganto, principalmente dos olhos, disse que são valentes.

assista aqui o vídeo da colagem feito por Lena Maciel e Raquel Brust

[youtube=http://www.youtube.com/watch?v=YYO7SOKiR_8]

obrigada querida! Dona Maria José é alegria e energia, faz piadas com a vida. Ela dizia olhando a foto.. “Olha lá… tá velhinha, mas eu gosto do olhar dela. Bem aberto, bem esperto, olhando pro céu”. Adoro o jeito que ela se refere a ela mesma na fotografia…

_

Um agradecimento especial para nosso amigo Alemão, do estacionamento em frente, que doou sua fachada e foi a base do pessoal na chuva, na pizza, na madrugada e na iluminação improvisada! E pela garra da equipe de colagem coordenada pelo Vassoura. foram quase 20 horas seguidas!! força equipe!

Muito obrigada também ao pessoal da equipe de manutenção do Sesc que ficou acompanhando a colagem noite adentro. Valeu a persistência!